A internet que a gente quer: Gustavo Giglio

giglio
giglio

Update or Die é uma das grandes referências da internet no Brasil. Há dez anos reúne um time de profissionais para falar de mercado digital, criatividade, publicidade. Tem à frente o Gustavo Giglio, que é publicitário e atua como sócio e diretor de marketing e novos negócios, sempre propondo para o público e para as marcas projetos consistentes e interessantes, que fazem a gente gastar bem nosso tempo online.

Ele também passou dez anos como gerente de marketing e comunicação na Trip Editora e é considerado desde 2009 um dos marketing experts do país e um dos 50 profissionais mais inovadores do mercado digital brasileiro (pela revista Próxxima).É autor do livro "Planeta das Macacas", produtor executivo do documentário sobre a tragédia em MG, "Memórias de Mariana", cocriador, curador e entrevistador do projeto de garimpo musical "House of Jam". Além de baixista da banda Kisser Clan, com Andreas Kisser, do Sepultura. Ufa!

Para acompanhá-lo > Update or Die

(A foto é da Mel Kato)

#ainternetqueagentequer por Gustavo Giglio

A internet que eu quero... É aquela que é uma porta e uma janela (não um espelho vaidoso). Aquela em que eu consiga ler e assistir ao que eu quiser e quando eu quiser. É aquela em que eu acho a música que eu quiser ou sou atropelado por algo que nunca ouvi, mas gostei. A que me ajuda e ensinar a aprender. A compartilhar experiências interessantes com a vontade de inspirar. Aquela que me permite trabalhar de onde eu quiser. Aquela que me faz saber e ver o que acontece com as pessoas que eu gosto. A que conecta e inclui. Aquela que me faz aprender com meus amigos - os mais próximos e aqueles que só eu acho que são.

A internet que eu quero é aquela que volte a dar importância ao jornalismo sério, isento e verdadeiro. Que dê valor ao conteúdo bem produzido. É aquela em que você sabe em quem confiar como curador. Aquela que valorize quem é bom de verdade. A que possamos escrever da maneira que somos, não da maneira que queremos que achem que somos. É aquela em que não precisamos de máscaras e anonimatos. É a que me possibilita continuar produzindo onde quer que eu esteja. A que possibilita criarmos o nosso lifestyle e viver dele. É aquela que permite que suas paixões conduzam a sua curiosidade.

É a que aproxima. A que encurta distâncias. Conecta - também fisicamente e permite trocas e toques. Generosa, em que encontramos ajuda e podemos ajudar. A que não peca pelos excessos. Aquela que é ponte. A ferramenta para criamos todo dia algo novo. O "lugar" em que ouvimos mais do que falamos. Que me permite conhecer e buscar diversidade e entender a sua verdade. A que nos permite criar projetos envolventes e que usem o poder do alcance para compartilhá-los. A que nos permite localizar pessoas apaixonadas, curiosas e obcecadas por natureza e criar um ambiente atrativo para conversas.

O que tentamos fazer há mais de 10 anos é manter vivo um movimento que celebra a inovação através da troca de referências e insights (online) com a vontade de inspirar e formar novos agentes da mudança em seus próprios universos pessoais e profissionais. É criar um ambiente interessante o suficiente para atrair e compartilhar bom conteúdo e para atrair gente interessada.

Mais respostas:

André Czarnobai, criador do CardosOnline e escritor

Chico Barney, blogueiro da velha guarda e sócio da agência 301

Fred Di Giacomo, escritor e jornalista

Carol Rocha, publicitária

Liliane Prata, jornalista

Gustavo Mini, publicitário/Conector

Ana Paula Freitas, jornalista/Nexo

Luanda Fonseca, do No Drama Mom

Juliana Cunha, do Já Matei por Menos

Juliana Gomes, do Leia Mulheres

Rafa Cappai, da Espaçonave

Gui Poulain, do Moldando Afeto

Thaís Fabris, Larissa Vaz e Maria Guimarães, do 65/10

Carol T. Moré, do Follow the Colours

Ana Luiza Gomes, do projeto Andarilha

Patricia Abbondanza, da Dedo de Moça

Debora Baldin, do Canal das Bee

Bia Granja, do YouPix Hub

Michell Zappa, da Envisioning

Dani ArraisComment