A internet que a gente quer: Gui Poulain, do Moldando Afeto

A Internet que a Gente Quer _ Template O Gui Poulain é uma dessas presenças que deixa a internet (e a vida) mais doce. Literamente. Em 2010 ele criou o Moldando Afeto, um blog onde divide suas receitas culinárias que só de olhar a gente fica feliz - imagina comer? (E a gente já teve esse privilégio, lembro até hoje do chocolate com pitadas de sal que a gente devorou na casa da Lu). É no site também onde também escreve suas emocionantes Cartas Amarelas (que viraram um livro lindíssimo), ilustra receitas com mais um de seus talentos (desenho) e divulga sua participação na série "O chef e a chata", no YouTube, ao lado da blogueira Lu Ferreira.

Acompanhem esse rapaz mineiro apaixonado por Paris e pelas belezas da vida (@guipoulain). Sua internet, sem dúvida, vai ficar muito mais saborosa.

Vamos ver o que ele tem a falar sobre a internet, aliás? :-)

#ainternetqueagentequer: Gui Poulain, do Moldando Afeto

Gosto da simplicidade. É meio clichê dizer e querer isso. Mas é isso que quero tanto pra vida quanto pra internet. Somos soterrados de informações, notificações e acabamos dando um outro sentido pra palavra urgência: tudo é realmente urgente? A sensação é que sim, a realidade é que não. Essa coisa de ter o telefone grudado a você a todo momento me faz pensar numa coisa: enquanto ele está ali, ligado o tempo todo, você pertence ao mundo. Mas não pertence a si mesmo. Queria uma internet sem notificações, sem avisos se já li mensagens ou não. Adoraria mais ainda: sem tantos views ou likes que tanto alimentam ansiedades e a busca constante por saber se é amado ou não. Em que eu respeite o tempo das pessoas em me responder e que elas respeitem o meu. Que o conteúdo compartilhado seja menos em quantidade, menos em listas e mais em qualidade. Adoraria ainda uma internet mais gentil. Em que as pessoas propaguem menos ódio, que as diferenças de pensamentos se agreguem pra um conhecimento maior. A internet veio pra trazer pra gente informação, pra nos ajudar a comunicar, pra fazer também que cada um de nós tenha voz por aí. E isso tudo é maravilhoso. Tento, aqui do meu canto, propagar em ações um pouco do que quero pra internet: gosto de responder a todos os e-mails e comentários, a meu tempo, sendo gentil; gosto de postar só o que faz abrir um sorriso ou o que acho que é importante pra fazer do mundo um lugar melhor; gosto que minhas receitas tenham história e que sejam testadas pra funcionar sempre; escrevo aquilo que me inspira. Simplicidade traz de brinde leveza. Que tempo seja mais do que dinheiro, que tempo seja sempre vida.

Quem já passou por aqui:

Thaís Fabris, Larissa Vaz e Maria Guimarães, do 65/10

Carol T. Moré, do Follow the Colours

Ana Luiza Gomes, do projeto Andarilha

Patricia Abbondanza, da Dedo de Moça

Debora Baldin, do Canal das Bee

Bia Granja, do YouPix Hub

Michell Zappa, da Envisioning

Dani Arrais2 Comments