10 resoluções digitais - para pessoas que passam muito tempo online

Aproveitando a energia que a virada nos dá, pensamos em algumas resoluções digitais para começar o ano com mais equilíbrio. Se você tiver alguma para compartilhar nos avise! Vamos adorar fazer essa lista com vocês.  

boneca

Imagens: Bonecas Trouxas

 

1 - Dê unfollow no que não te faz bem

Quase todos nós acompanhamos perfis, páginas ou canais "guilty pleasure" em nossas redes sociais. Aquelas contas que seguimos mas que não nos orgulhamos nada disso. Parece inofensivo, mas esse hábito pode ser bastante nocivo. Quem já leu o nosso especial sobre Detox Digital sabe que adoramos a analogia do consumo de internet com a nutrição. Então vale a pena pensar bem no que você tem colocado dentro da sua mente e caprichar na limpeza! Dicas do que eliminar: lojas que te incitam ao consumo desnecessário, personalidades que só prezam o sucesso pessoal ou o culto ao corpo, perfis de fofoca ou de celebridades e por aí vai.

2 - Faxina nas newsletters

Para quem ainda usa bastante o email, de tempos em tempos vale dar uma limpada nas listas de emails que você tem assinado. A caixa de email é um ambiente super pessoal que merece seu cuidado. Não é todo mundo que merece estar por lá. Você pode ir limpando pouco a pouco com o unsubscribe que aparece no fim destes emails ou até usar sites como o unroll.me para fazer uma limpeza geral.

3 - É possível sair de uma rede social

Abandonar uma rede social parece ser algo muito difícil de fazer. De certa forma, parece que você pode até deixar de existir se não estiver por lá. Como alguém que não tem conta pessoal no Facebook desde 2013 te digo que é possível. Toda escolha implica em renúncias, mas se eu não voltei é porque afirmo que o que perdi ainda não se tornou maior do que o que tenho ganhado. (A Dani repostou minha principal razão para ter saído do Facebook na época em seu blog Don't Touch My Moleskine. Desde então este post tem sido um espaço de desabafo para quem saiu ou quer sair da rede, com mais de 100 comentários super pessoais sobre o tema, vale a pena ler se você pensa sobre isso! donttouchmymoleskine.com/vida-sem-facebook).

4 - Desinstale aplicativos e desative as notificações

Que tal experimentar viver com menos interrupções? Será que você precisa ter o app do Facebook no seu telefone? E as mensagens do whats app, precisam mesmo pular na sua tela? Não tem ninguém nos obrigando a viver vidrados em nossos telefones, mas essas pequenas armadilhas costumam ter um efeito parecido a obrigação, experimente viver um tempo sem elas.

5 - Abandone o hábito de acordar e já olhar o celular

Dos hábitos digitais ruins, acho esse um dos piores (e mais difíceis de abolir!). Aqui em casa estou pensando seriamente em comprar um despertador analógico. A ideia é o telefone nem entrar no quarto. Vou experimentar e compartilho com vocês. Alguém tem mais dicas?

6 - Tempo livre X Netflix

Uma amiga que mora fora do país outro dia me perguntou: o que está acontecendo que todos os meus amigos estão obcecados em seriados? E não é que é verdade? Pelo menos ao meu redor vejo uma obsessão crescente em assistir todos os seriados disponíveis. Quem tem tanto tempo? O que poderíamos estar fazendo com este tempo? Adoro um seriado, mas acho essencial pensarmos na nossa falta detempo para o que consideramos ser importante e na abundância de tempo para fazer maratonas no Netflix. Escrevi há um tempo sobre sermos mais disponíveis e tenho um carinho especial por esse post. Se quiser ler: Precisamos falar sobre disponibilidade)

 

b3

7 - Não dê audiência para o que você não acredita

Essa resolução é a em que eu mais acredito. Se você tivesse que escolher somente uma, te recomendaria essa. Não passe pra frente nenhum tipo de conteúdo que você não acredita. De pessoas que você não quer que tenham mais visibilidade. Criticar também é colocar em evidência. (Também já falei mais sobre isso aqui no blog no post O que queremos promover?)

8 - Apoie o que você quer ver florescer

Complementar à resolução anterior, neste ano apoie ainda mais as pessoas, projetos e ideias em que você acredita. Se você não gosta do trabalho de um político, mostre o trabalho de outro que você apoia no lugar. Não tem dinheiro para apoiar um crowdfunding? Divulgar já é uma linda moeda. Se você adora um perfil no Instagram, divulgue, conte para os seus amigos. Gaste seu tempo colocando em evidência tudo o que você quer ver brilhando em 2017!

9 - A internet é uma janela para o mundo

Amo essa frase que a minha sócia Dani Arrais escreveu em nosso especial Detox Digital: "A internet era uma janela para o mundo. Virou o nosso espelho". Linda e triste, mas cabe a nós fazer essa retomada: acompanhar pessoas e iniciativas diferentes de nós, apontar mais a câmera para o mundo do que fazer selfies. Lembrar da internet que nos trazia deslumbre. (Esse site pode te ajudar a lembrar dessa internet).

10 - Seja a mudança que você quer ver

Em 2016 falamos muito sobre a necessidade de tolerância e empatia. Que em 2017 possamos ser esta presença positiva por onde passarmos digitalmente. Que seja seu o comentário acolhedor que substitui o opressor. Seja um exemplo do que você acha bonito.Dá mais trabalho do que dar unfollow, mas é a única coisa que podemos fazer: começar por nós mesmos.

Feliz ano novo, queridos! Seguimos juntos em 2017 criando e pensando sobre #ainternetqueagentequer.

Contente9 Comments